Como ocorre o processo de desenvolvimento pessoal?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
E-mail
Share on print
Imprimir
stickies-2852375_1920-300x200

Muito se fala, hoje em dia, em ser nossa melhor versão, em evoluir, em procurar ser uma pessoa melhor. Você se deu conta de que o que se fala, em outras palavras, é sobre desenvolvimento pessoal?

Desenvolvimento pessoal, querido(a) leitor(a), é uma área do conhecimento que permite ao ser humano ter uma vida com mais qualidade, com propósito, com significado. Em termos mais técnicos:

“Desenvolvimento pessoal é uma área do conhecimento que visa a melhorar a qualidade de vida e a desenvolver as habilidades pessoais de cada pessoa, contribuindo com a construção do conhecimento humano e a realização de sonhos e aspirações.”

Assim, percebemos que o processo de desenvolvimento pessoal começa, sem dúvidas, pelo autoconhecimento, pois é ele que irá permitir a você identificar seus pontos fortes e seus pontos de melhoria. Entretanto, este não é um caminho curto e, por vezes, será doloroso.

O processo de autoconhecimento não implica, apenas, em apontar nossas qualidades. Estas são importantes, mas devemos olhar para o que nos falta para crescermos enquanto pessoas. Autoconhecimento implica em olhar pra dentro de si, em encarar seus piores medos (aqueles que a gente tranca no porão da nossa mente, sabe?), em aceitar nossos defeitos – incluindo os que menos gostamos -, em assumir que precisamos trabalhar em determinadas dificuldades.

Através do autoconhecimento adquirimos a autoconsciência e, uma vez adquirida, nunca mais somos os mesmos. Digo por experiência própria: uma vez que identificamos um ponto de melhoria, nunca mais conseguimos ignorar sua presença.

Mas, nem tudo é espinhos! A autoconsciência adquirida através do autoconhecimento trará à tona suas qualidades e te mostrará que pessoa única você é! Daí você passará a trabalhar, sem muito esforço, sua autoestima e sua autoconfiança.

Na minha experiência e observação, vejo que a raiz de muitos problemas emocionais está numa autoestima que não foi bem construída ou que foi abalada em algum momento da vida. Ambas são igualmente importantes, pois serão o combustível para se manter no caminho do desenvolvimento pessoal, da construção da sua melhor versão.

Uma autoestima saudável é importantíssima para nossa comunicação conosco – comunicação intrapessoal – e para nossa comunicação com o outro – comunicação interpessoal, pois muitas vezes projetamos no outro os nossos conflitos, nossas frustrações, o que pode ser nocivo para qualquer tipo de relacionamento.

Tudo isso é um ciclo que se repete infinitas vezes e que nunca se esgota. Primeiro porque nós sempre mudamos: o simples fato de você corrigir algum comportamento faz com que você seja uma pessoa diferente; segundo porque uma coisa leva a outra: conforme eu me conheço melhor, eu identifico o que preciso melhorar, me aprecio mais pelas qualidades descobertas, aumento minha autoestima e autoconfiança, consigo me relacionar melhor comigo mesmo e com o outro, uma vez que sei o que quero e o que não quero para minha vida.

Incrível, não?

Em resumo, o desenvolvimento pessoal passa por cinco fases:

  • Autoconhecimento
  • Autoimagem
  • Autoestima
  • Comunicação intrapessoal
  • Comunicação interpessoal

Se esse conteúdo te ajudou ou te fez lembrar alguém, repasse e ajude o máximo de pessoas possível. Participe da corrente de informação e conhecimento.

Até o próximo encontro!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
E-mail
Share on print
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade